Ginseng Siberiano em Pó Bio

8,2051,00

Adaptogénio, Equilíbrio hormonal

Código de Barras: REF: n.d. Categorias: ,

O Ginseng Siberiano é completamente diferente do americano (Panax quinquefolius) e do Ginseng asiático (Panax ginseng), e tem também diferentes componentes ativos. O Ginseng Siberiano é um pequeno arbusto nativo do sudeste da Rússia, norte da China, Coreia e Japão.

Os seus ramos e o caule são cobertos de espinhos e tem flores amarelas e violetas que se transformam em bagas pretas redondas, no final do verão. A sua raiz é a parte utilizada para a preparação de suplementos de Ginseng, e tem um aspecto arborizado, acastanhado, amassado e retorcido.

O Ginseng siberiano era tradicionalmente usado para prevenir gripes e resfriados e para aumentar a energia, longevidade e vitalidade, evitar surtos de herpes e aumentar o desempenho físico e mental.

Na medicina tradicional chinesa, o Ginseng Siberiano é também usado para revigorar Qi; fortalecer o baço; nutrir o rim; fornecer energia e vitalidade; e tratar a pressão arterial elevada, inflamação, infeções do trato respiratório, doenças isquémicas do coração, espasmos e hepatite.

A raiz tem uma mistura de componentes chamados eleutherosides que têm vários benefícios para a saúde e na Rússia é usado como uma erva adaptogénica. Um adaptogénio é uma substância que ajuda o corpo a lidar melhor com qualquer stress mental ou físico. Outros ingredientes ativos são fitoquímicos chamados polissacarídeos, que estimulam o sistema imunológico e diminuem os níveis de açúcar no sangue.

O Ginseng siberiano também tem um efeito de equilíbrio a nível hormonal e para tonificar o útero. Pode ajudar a reduzir irregularidades menstruais, bem como nos sintomas da menopausa e para estes casos pode ser mais eficaz quando usado em combinação com outras plantas femininas, tais como o Cohosh preto e Dong quai.

Informações de possíveis interações: O Ginseng Siberiano é considerado seguro, no entanto, as pessoas com pressão arterial alta, apneia do sono, narcolepsia, doença cardíaca, doença mental, tais como maníaca ou esquizofrenia, as mulheres que estão grávidas ou a amamentar e pessoas com doenças auto-imunes como a artrite reumatóide ou a doença de Crohn não devem tomar Ginseng Siberiano.

Também evite dar às crianças, devido à falta de informações de seguras do seu efeito nas crianças.

As mulheres que tenham um historial de cancro e sejam sensíveis ao estrogénio ou que tenham miomas uterinos devem consultar o seu médico antes de tomar Ginseng Siberiano, pois o Ginseng Siberiano pode agir como estrogénio no organismo.
Se está a ser tratado com algum dos seguintes medicamentos, não deve usar Ginseng Siberiano sem primeiro falar com o seu médico ou naturopata: Anticoagulantes (diluidores do sangue), corticosteróides (como a prednisona), digoxina, medicamentos para diabetes, Lithium, sedativos, medicamentos que são discriminadas pelo fígado ou medicamentos que suprimem o sistema imunológico.

Pode tomar adicionando em água, sumos, batidos, bebidas vegetais, yogurt, cereais ou chá.
Para dar ao corpo um descanso pode parar de tomar Ginseng Siberiano por 1 a 2 semanas a cada três meses.
Dosagem diária máxima recomendada – 1,25g (1/2 colher de chá) a 2,5g (1 colher de chá).

Eleutherococcus senticosus

*Valor de Referência do nutriente

125 gramas, 250 gramas, 500 gramas e 1000 gramas

Para preservar a frescura deste produto:

Evite a exposição ao calor;
Evite a exposição direta à luz solar;
Retire todo o ar existente antes de fechar a embalagem;
Feche bem o saco depois de usar;
Armazene num local fresco e seco.
Este produto deve ser consumido no âmbito de um regime alimentar variado e equilibrado e de um estilo de vida saudável.

Nota: As informações e descrições de produtos e suas propriedades contidas neste site não foram submetidas, avaliadas ou controladas pelas autoridades medicas ou alimentares / EFSA (autoridade Europeia de segurança alimentar). De acordo com a lei em vigor os produtos naturais e alimentos ainda não estão previstos na cura, diagnóstico e prevenção de doenças. Se tiver a ser medicado é aconselhável consultar o seu médico ou terapeuta para mais informações acerca de possíveis interações com os seus medicamentos.

{{ reviewsTotal }}{{ options.labels.singularReviewCountLabel }}
{{ reviewsTotal }}{{ options.labels.pluralReviewCountLabel }}
{{ options.labels.newReviewButton }}
{{ userData.canReview.message }}
Nota: Confirmar a informação no rótulo/caixa do artigo. Uma vez que as informações disponibilizadas podem sofrer alterações de acordo com o lote, deverá considerar sempre a informação que acompanha o produto recebido.